cFosSpeed é o Acelerador de Internet oficial dos produtos de gaming da ASUS, GIGABYTE, ASRock e MSI

Esta página não está suficientemente traduzida!

Obtenha uma licença grátis (cFos, cFosSpeed ou cFosBC) por nos ajudar.
Mais informação

Antes de mais, descarregue e instale a versão mais recente do cFosSpeed:

cFosSpeed - problemas com pings

Uma vez ativo, o cFosSpeed estará a enviar pacotes de ping à Internet para medir quão "congestionada" está a ligação. Sem estes pacotes, o Traffic Shaping do cFosSpeed não irá funcionar.

O cFosSpeed somente enviará pings caso esteja enviando ou recebendo dados acima de certa velocidade. Portanto, a maneira mais fácil de confirmar se os pings estão realmente sendo enviados é iniciar um upload que dure ao menos 30 segundos (p. ex., enviar a si mesmo uma mensagem de e-mail grande). Em seguida, confira se aparece a mensagem em balão (veja abaixo).

Caso não haja resposta a estes pings por um longo período, o cFosSpeed indicará isto mostrando um balão. Deve então proceder como segue:

Observações sobre alguns firewalls ou routers específicos

AVM Fritzbox:

Várias versões de hardware e firmware do AVM FritzBox trazem um filtro PPPoE incluído. Este filtro deve ser desligado, pois bloqueia ICMP e, portanto, os pings de calibração do cFosSpeed não serão transmitidos: Captura de ecrã do filtro PPPoE

Sygate Personal Firewall:

Em "options," vá à guia "security" e desative "DoS detection." Isto é necessário pois, caso contrário, o firewall classificará erroneamente o processo de calibração do cFosSpeed como um ataque DoS.

Utilizadores relataram também que a opção "Anti-IP Manipulation" deve ser desligada para que o cFosSpeed seja executado sem problemas.

Agnitum Outpost Firewall:

Utilizadores relataram que deve-se marcar a opção "Echo reply - outgoing" nas configurações de ICMP, para que o firewall não bloqueie as respostas de saída.

Eset Smart Security:

Configuração ICMP para que o Eset Smart Security permita pings do cFosSpeed.

Orange Livebox:

Configurações para o Orange Livebox com router Inventel embutido para permitir pings do cFosSpeed.

Kaspersky Anti-Hacker:

Pode definir regras especiais para cada aplicação. Neste caso, para o SPD.EXE (serviço do cFosSpeed). Isto permite a comunicação do cFos. Além disso, pode desabilitar a detecção de ataques "DoS" do Anti-Hacker, para evitar ações erradas do Anti-Hacker.

Tabém deve ativar a opção "Allow outgoing ICMP pakets with ICMP-Code: Echo Reply".

As configurações de ICMP devem ser:

  • ICMP Type 0 (Echo Reply) incoming : allow
  • ICMP Type 8 (Echo) outgoing : allow
  • ICMP Type 11 (Time Exceeded) incoming : allow
  • Other ICMP Types incoming and outgoing : allow

Router Draytek:

Alguns utilizadores relataram que a opção "Ip Filter/Firewall Setup - DoS defense" tem que ser desativada para que o router não filtre os pacotes de PING do cFosSpeed.

Router Linksys wag54g:

Alguns utilizadores relataram que a opção "Block Anonymous Internet Requests" tem que ser desativada para que o router não bloqueie respostas ICMP.

Router TP-Link:

A TP-Link disponibiliza um novo firmware que permite pings. Por favor, dirija-se ao site da TP-Link e instale o firmware mais recente.

Atenção: De acordo com relatórios de utilizadores, parece não se aplicar pelo menos aos modelos TL-R460, TL-R860 e TL-R402M.

PC Cillin 2007:

Para permitir o comando tracert do Windows no PC Cillin 2007, siga estes passos:

  1. Abra a consola principal do PC Cillin -> controlo de rede e firewall -> firewall pessoal -> definições -> selecione conta -> editar -> controlo de rede -> adicionar
  2. Agora pode adicionar 2 novos protocolos.
  3. Para ligações de saída:
    (por defeito) permitir para ligações de saída
    (protocolo) icmp
    (porta) todas as portas
    (definições de IP) todas as definições de IP
  4. Para ligações de entrada, repita o passo 3 para ligações de entrada

AVG Internet Security:

Definições do AVG para funcionamento correto do cFosSpeed.

A recolher e interpretar as estatísticas de ping do cFosSpeed

Abra a consola do cFosSpeed e escreva "spd pingstat"

Deverá obter informação semelhante à abaixo:


Ping statistics (estatíticas de Ping):

Total ping requests (número total de pedidos de Ping) 107,686
done (efetuados) 107,686 (1)
...and only (e apenas) 107,686

Total pings sent (Total de Pings enviados) 106,949
strong (sólidos) 106,778
...and new (... e novos) 106,778 (2)

Total pongs (Total de pongs) 106,804
found (recebidos) 106,566
...and strong (... e sólidos) 106,519
...and strong reply (... e resposta sólida) 106,519 (3)
...and used (... e utilizados) 106,519 (4)

Ping outage statistics (Estatísticas de interrupção de Ping):
1 ping in a row 33 times (1 ping sucessivo 33 vezes)
5 pings in a row 1 time (5 pings sucessivos 1 vez)

Ping src/dst (Orig/dest Ping): 192.168.0.100 to (para) 194.95.249.23, ttl 3
Ethernet src/dst (Orig/dest Ethernet): 00:0e:a6:57:9b:0b to (para) 00:11:95:78:27:a4

Os três valores fornecidos para "total ping requests (total de pedidos de ping)" deverão ser idênticos. Caso exista um grande desvio entre estes valores, por favor dê-nos a conhecer.

O valor indicado com (1) deverá ser aproximadamente o mesmo ao valor junto a (2). Se tal não suceder, é um indício forte da existência de uma firewall a bloquear a transmissão de dados. Tal como acima, contudo, um pequeno desvio de vários pontos percentuais não é dramático.

Os valores de (3) e (4) também devem ser semelhantes. Caso não o sejam, envie-nos um e-mail.

Do mesmo modo, os valores (2) e (3) deverão ser quase idênticos. Caso tal não suceda, geralmente indica que os pings e as suas respostas perdem-se algures "na Net" (o que acontece com frequência). Infelizmente, não há nada que possamos fazer em relação a isso.

Quando nos enviar um e-mail, por favor confirme o passo 3 abaixo para saber quais ficheiros anexar à sua mensagem.

Dica:
Se os problemas com ping persistirem enquanto
o firewall estiver desativado,
desinstale o firewall e tente novamente.

Tem um firewall?

Verifique se há um firewall em execução no sistema. Se houver, certifique-se de que o programa SPD.EXE (serviço do cFosSpeed) tem permissão para enviar e receber dados ICMP. Observe também que o CFOSSPEED.EXE não acede à Internet.

Importante!
Caso a configuração do firewall para dados ICMP bloqueie as respostas dos pings do cFosSpeed, o cFos Traffic Shaping não funcionará. Pode verificar isto com um comando tracert simples.

1. Digite o comando tracert

Clique em Iniciar -> Programas -> cFosSpeed -> Open console, e digite "tracert www.cfos.de". Se tudo funcionar, deve responder algo como:

A rastrear a rota para www.cfos.de [194.95.249.23] com no máximo 30 saltos:

1 56 ms 56 ms 55 ms 217.0.116.148
2 55 ms 54 ms 54 ms 217.0.74.50
3 54 ms 53 ms 55 ms k-ea1.K.DE.net.DTAG.DE [62.154.55.154]
4 61 ms 62 ms 61 ms h-eb1.H.DE.net.DTAG.DE [62.154.49.166]

etc.
O que é absolutamente crucial aqui é que há valores de tempo (e não asteriscos) exibidos nas colunas 2 a 4.

Se for o caso, salte para o passo 3 abaixo.

No entanto, os pings estão a ser bloqueados se a saída for a seguinte:

Rastreando a rota para www.cfos.de [194.95.249.23] com no máximo 30 saltos:

1 * * * Esgotado o tempo limite do pedido.
2 * * * Esgotado o tempo limite do pedido.
3 * * * Esgotado o tempo limite do pedido.
4 * * * Esgotado o tempo limite do pedido.

etc.

Neste caso, continue com o passo 2

2. O tracert não funciona

O tracert parece não funcionar no sistema. Se não utiliza firewall ou utiliza algum que permite a passagem dos pings do SPD.EXE, os pings e suas respectivas respostas estão possivelmente sendo bloqueados por algum outro componente.

Caso utilize um router, este também tem que ser configurado para permitir a passagem de pings. Configure o router para que o cFosSpeed possa enviar pings (ICMP echo requests - type 8) e receber respostas de pings (ICMP echo reply - type 0), além de tempos limite (ou ICMP TTL/time exceeded - type 11). Pode ter que reiniciar o router para que as alterações surtam efeito.

Repita a etapa 2 acima, utilizando o comando "tracert www.cfos.de". Se os pings ainda não passam, pode ser que o fornecedor de Internet esteja filtrando tais dados. Neste caso, deve contactar o fornecedor.

Última possibilidade: Desative o firewall e tente novamente. Caso não surta efeito, desinstale o firewall e tente novamente.

3. O tracert funciona

O tracert funciona, mas o balão de mensagem ainda aparece: verifique novamente se o software de firewall não bloqueia os pings do SPD.EXE.

Se, durante um upload em velocidade máxima (ou perto disso), o cFosSpeed exibir tempos de ping na janela de status, os pings não estão a ser filtrados pelo sistema, mas estão a ser perdidos em algum lugar na Internet. A confiabilidade dos dados de ping variam amplamente entre os diferentes provedores de Internet. Também podem ser afetados por outros factores como a carga da rede, sobre os quais naturalmente o cFosSpeed não tem controlo.

Se o tracert funciona mas os valores de tempo de ping nunca aparecem na janela de status, envie um e-mail e anexe cópias dos ficheiros TRACE.TXT e TRACE_OLD.TXT do diretório do cFosSpeed. Envie estes ficheiros logo após o problema ocorrer para que contenham os dados necessários para análise detalhada.